aa5d619c-9093-4279-b5d3-b0138b0e0aad

UM BANHO DE AGROECOLOGIA NO VRP

 

A Articulação em Agroecologia do Vale do Rio Pardo – AAVRP é fundada no final de 2013, com o intuito de reunir em torno de si, entidades na região que trabalham com a Agricultura Familiar Camponesa, na promoção da produção orgânica e Agroecologia, buscando construir uma agenda conjunta e a organização de ações/atividades que fortaleçam a Agroecologia na região. Atualmente são 21 entidades/organizações, divididas entre escolas, universidades, sítios, sindicato, associações de agricultores/as, órgãos públicos, enfim uma representatividade diversa, própria da Agroecologia.

A Articulação se reúne uma vez por mês alternando local, promovendo nos 5 anos de existência, quatro Seminários Regionais de Agroecologia – SERA, trazendo diversos temas de debate, mesclado com oficinas práticas de socialização de técnicas e tecnologias de produção orgânica e Agroecológica. Um evento afirmado regionalmente que dá dimensão concreta das ações e envolvimentos das entidades que formam a AAVRP. Destaca-se outras atividades como encontros regionais de sementes crioulas, debates de temas específicos durante o ano e que foi tão decisiva para a criação do Bacharel em Agroecologia UERGS/AGEFA, atualmente em curso na região, bem como a Especialização em Agroecologia e Produção Orgânica em fase de conclusão, já se ensaiando para uma segunda edição.

Desta vez era o momento AAVRP dar um passo além, quando em reunião se decidiu por uma Semana dos Alimentos Orgânicos da AAVRP/2019. Assim, chegamos a uma semana de 12 dias, com o apoio da CPORG/RS, iniciada no dia 24/05, com 18 atividades previstas, ocorrendo 16 destas – (Os dias de campo no Sítio Surucuá em Rio Pardo e na propriedade de Jean Hirsch em Sinimbu, foram transferidos para julho devido as chuvas). Foram cerca de 52 horas de atividades envolvendo a Juventude do Campo e urbana, mulheres, feirantes, agricultores/as, escolas, sindicato, universidades,  trazendo temáticas como alimentação, preservação de abelhas, manejo de plantas espontâneas, certificação, produção e comercialização de alimentos orgânicos, cooperação agroecológica e demais temas. Houve a participação direta de quase 1400 pessoas, mais as duas atividades a se realizar, passará de 1500 participantes.

A SAO da AAVRP contou com a importante parceria da imprensa regional, jornais impressos, portais de informações, tv e rádio, publicaram durante a SAO, 30 reportagens jornalísticas, entre jornal impresso, tv, portal de informação e programas de rádio. Foram quase 10 minutos de tv, cerca de 120 minutos de entrevistas em Rádio, 10 inserções em jornais impressos e aproximadamente 20 reportagens em portais de informação. Foram mais de 50 fotos vinculadas a SAO nas mídias, o que contribui decisivamente para afirmarmos a Agroecologia na região, pela sua essência, produzir alimentos agroecológicos, os primeiros promotores de saúde pública.

Na noite de 05/06, na EFASC, foi feito um balanço geral SAO da AAVRP/2019, bem como uma avaliação da Semana, com cerca 80 participantes, onde se avaliou positivamente a articulação entre as entidades da AAVRP, que se fortalece a cada ação dessa envergadura, bem como a contribuição da imprensa regional, sendo decisiva para colocar a produção orgânica e a Agroecologia na agenda da região. Como destaca Sighard Hermany, do CAPA, há mais de 30 anos na promoção da Agroecologia: “Estamos vivendo um período diferente e poder participar e fazer uma semana como essa, nos dá muita esperança, porque estamos no caminho certo promovendo a vida, porque as pessoas são o que temos de mais importante nesse mundo”, finaliza. Que venha a II SAO da AAVRP em 2020.

João Paulo Reis Costa e Adair Pozzebon – Coordenação da AAVRP

fd1d8b8f-ff63-4439-bbee-779c2ca2823a

ccc8224c-ac42-4dcd-ba64-d0de03c1070a

ad8bd7c2-fea6-40b6-b00b-354cf2317bf4

aa5d619c-9093-4279-b5d3-b0138b0e0aad

a87e4ad8-8044-4f13-af19-cfb66257e1a0

581312c4-2ab0-4add-81fb-64c2c35d1150

02196e14-87c5-45aa-824f-30c5aa95104f

86e88f2d-2486-43b4-90f2-0784e16b99cd

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *