APL VRP recebe recursos da Consulta Popular 2016/2017

Santa Cruz do Sul – O Arranjo Produtivo Local (APL) de Agroindústria e Produção de Alimentos da Agricultura Familiar do Vale do Rio Pardo recebeu no início desta semana a liberação de recursos do Governo do Estado para a estruturação de uma rede de comercialização. O valor de R$ 465.531,68 foi depositado pela Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz) na conta da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), que é a entidade gestora do APL VRP, e é oriundo do processo de Consulta Popular 2016/2017, via Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (SDECT).340180_801806_reuniao_sdect_recursos_consulta_popular_web_

O pró-reitor de Extensão e Relações Comunitárias da Unisc, Angelo Hoff, destaca que este processo é fruto de uma mobilização regional em 2016, via Conselho Regional de Desenvolvimento do Vale do Rio Pardo (Corede VRP).

“Fizemos uma grande mobilização com as entidades que compõe a governança do APL Alimentos do VRP para que este projeto fosse incluído e votado na Consulta Popular daquele ano e agora o Governo do Estado fez a liberação dos recursos para que possamos colocar o projeto em prática, que seráfundamental dentro do processo de diversificação da nossa agricultura familiar”, observou o professor Angelo Hoff.

Segundo ele esse recurso é fundamental para que a região avançar de forma estratégica, em especial, no reforço ao elo da comercialização dos alimentos produzidos pelos agricultores. “A hora é de reconhecer os eleitores que elegeram o APL como prioridade, as lideranças que pressionaram para o recurso ser liberado e, fundamentalmente, é hora de arregaçar as mangas e trabalhar muito”. A Unisc seráa responsável pela aplicação desse recurso e dará todas as condições para que o projeto seja executado de forma a proporcionar os melhores resultados para os agricultores familiares e produtores de alimentos.

Comercialização

Apontado como um dos gargalos na produção agrícola regional, a falta de uma estruturação de uma rede de comercialização para alimentos produzidos pela agricultura familiar do APL VRP sairá do papel. O plano visa aumentar a participação nos mercados de consumo de alimentos a nível local, regional e Estadual, desenvolvendo uma carteira de clientes como restaurantes e cozinhas industriais, supermercados, mercados institucionais e mercado final para cliente pessoa física.

O projeto terá uma duração de 18 meses e a ideia é montar uma estrutura técnica de quatro profissionais para potencializar a plataforma do Daqui Alimentos para atender a rede de comercialização de alimentos do APL VRP. Também serão desenvolvidas novas funcionalidades no sistema do Daqui Alimentos como para apurar o estoque das organizações dos agricultores familiares, fluxo de caixa, contas a receber e a pagar, entre outros.

Assessoria de Imprensa do APL VRP

Jacson Miguel Stülp – MTb /DRT-RS 9692

Direção de Conteúdo

Jornalista / Assessoria de Imprensa/ assessoria@casemkt.com

(51) 3056.2840 / 9999.46313

FB: CaseMarketing / Skype: Jacson.miguel.stulp

CASE MARKETING

Rua 28 de setembro, 624 / sala 624 Centro – 96810 174 – Santa Cruz do Sul/RS

www.casemkt.com

APL VRP se mobiliza para garantir votos na Consulta Popular

Santa Cruz do Sul – O APL VRP – Agroindústria e Produção de Alimentos da Agricultura Familiar do Vale do Rio Pardo está iniciando a mobilização nos 23 municípios para garantir uma boa votação no processo de Consulta Popular 2018. O mesmo vai determinar os projetos que serão contemplados com recursos no orçamento do Estado em 2019. Nas assembleias municipais o fomento ao programa dos APLs foi apontado por 12 municípios para ser339721_800181_img_0012 incluído na cédula de votação, sendo o segundo mais votado, mostrando a sua capilaridade regional.

O coordenador do APL VRP – Agroindústria e Produção de Alimentos da Agricultura Familiar do Vale do Rio Pardo, João Paulo Reis Costa, destaca que a mobilização da região em torno da política dos APls é fundamental para assegurar recursos para seguir na luta pela produção de alimentos na região. “É sabido que o fomento do Governo do Estado, via recursos do BIRD, se encerra no final do ano e a Consulta Popular é uma forma de garantir recursos para dar sequência ao trabalho que vem beneficiando atualmente mais de 1 mil agricultores familiares do Vale do Rio Pardo”, observou.

Dos dez projetos que estarão da cédula de votação da Consulta Popular no Vale do Rio Pardo, apenas os cinco mais votados serão contemplados com o rateio igualitário (20%) dos R$ 2.902.629,78 que a região terá disponível – em torno de R$ 580 mil.

Segundo o gestor do APL VRP, Jesus Edemir Rodrigues, nos próximos dias deverão ser intensificados os contatos com a governança do APL a fim de que estes consigam mobilizar as bases para que haja uma boa votação no processo de Consulta Popular, nos dias 26, 27 e 28 de junho. “O prazo de mobilização ficou curto, mas já conseguimos uma boa articulação nas assembleias municipais, e agora iremos reforçar nossos contatos nos próximos dias para conseguir uma boa votação e estarmos entre os cinco projetos contemplados”, citou Jesus.

Votar

Para votar, o cidadão deve estar dotado de título de eleitor e acessar o site da Consulta Popular (www.consultapopular.rs.gov.br) entre os dias 26, 27 e 28 de junho. A mobilização dentro dos municípios será importante, pois cada um precisa atingir um percentual mínimo a fim de que seja contemplado com recursos.

Projetos da cédula de votação da Consulta Popular

SDR – Apoio ao Desenvolvimento da Agricultura Familiar;
SDECT – Apoio aos Arranjos Produtivos Locais;
SSP – Reaparelhamento dos órgãos de segurança;
SDR – Programa de Apoio e Ampliação da Infraestrutura Rural;
SEAPI – Manejo e Conservação do Solo;
SES – Ampliação, reforma e aquisição de equipamentos para estabelecimentos de saúde, vinculados ao SUS;
SES – Aquisição de veículos para a Saúde da Família;
SSP – Videomonitoramento e cercamento eletrônico;
SEDUC – Implantação de espaços pedagógicos que favoreçam a aprendizagem;
SEDACTEL – Regionalização do Turismo

Assessoria de Imprensa do APL VRP

Jacson Miguel Stülp – MTb /DRT-RS 9692