Agricultura Familiar: João Paulo Reis Costa é o novo coordenador do APL VRP

Ele será o substituto de Sérgio Reis e foi eleito na reunião de Governança na tarde desta quinta-feira, na Unisc

 

321424_731249_img_0904

Novos coordenadores foram eleitos nesta terça-feira (Jacson Miguel Stülp/CaseMKT)

Santa Cruz do Sul – O professor João Paulo Reis Costa, da Escola da Família Agrícola de Santa Cruz do Sul (Efasc) foi aclamado como novo coordenador do Arranjo Produtivo Local Produção de Alimentos e Agroindústria Vale do Rio Pardo (APL VRP) na tarde desta terça-feira, 12. A vice-coordenação fica a cargo de Eluana Lopes Konzen, representante do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Passo do Sobrado e presidente da Cooperativa Copasvale. Eles sucedem a Sérgio Reis e Iris Lenz Ziani, que estiveram na coordenação desde a metade do ano passado.
O novo coordenador, que ocupou a vice-coordenação na primeira gestão, disse que o desafio é manter uma agenda comum, que traga as instituições da Governança mais para perto. “Precisamos sensibilizar a todos de que a agricultura familiar é nossa principal atividade econômica em nível de região, especialmente no quesito produção de alimentos. Os seminários que realizamos apontaram que a produção de alimentos é uma agenda mundial, e que o APL como um articulador regional, tem por obrigação propor essa pauta. Assim queremos fortalecer as atividades da governança”, observou João Paulo Reis Costa.
Ele salientou que o APL VRP pretende seguir realizando ações como palestras, seminários e dias de campo para fortalecer a cadeia produtiva de alimentos e agroindústrias familiares da região. “É uma meta ousada, mas queremos estabelecer e trazer o debate da agricultura familiar para o centro das discussões na região”, completou.

Reafirmação
O novo coordenador João Paulo Reis Costa observou que o período é de reafirmação do APL VRP, após a reestruturação: anteriormente era um arranjo de agroindústria familiar e agora tem seu foco na produção de alimentos. “Ampliar este foco do APL foi muito desafiador. Agora estamos na hora de outro debate, que é chegar num outro debate, que é a questão terciária, como os produtos estão sendo dispostos e a comercialização. A fim de garantir alimentos mais próximos da gente e fortalecer a economia regional”, disse.
A reunião de Governança do APL teve ainda a avaliação do Seminário do APL realizado em agosto, na Unisc; a discussão e Aprovação da Composição da Governança do APL; informes sobre o andamento na execução dos convênios 015-2015 e 08-A-2016 do APL; a apresentação do Calendário de Feiras e Eventos da Região para execução do Termo de Fomento 08-A-2016.

321424_731248_img_0893

Jacson Miguel Stülp – MTb /DRT-RS 9692

Direção de Conteúdo

Jornalista / Assessoria de Imprensa/ assessoria@casemkt.com

(51) 3056.2840 / 9999.46313

FB: CaseMarketing / Skype: Jacson.miguel.stulp

CASE MARKETING

Rua 28 de setembro, 624 / sala 624 Centro – 96810 174 – Santa Cruz do Sul/RS

www.casemkt.com

Agricultura Familiar: Reunião de Governança define nova coordenação do APL VRP

Sérgio Reis deve deixar a coordenação do APL depois de um ano e meio à frente da entidade

321246_730654_img_9204

Sérgio Reis vai deixar a coordenação do APL VRP (Jacson Miguel Stülp/CaseMKT)

Santa Cruz do Sul – O Arranjo Produtivo Local (APL) – Produção de Alimentos e Agroindústria do Vale do Rio Pardo reúne nesta terça-feira, dia 12, as entidades da governança para definição da nova coordenação da entidade. O atual coordenador, Sérgio Reis, disse que pretende deixar o cargo por causa de outras atividades, sendo que a definição do seu substituto ocorre na reunião desta terça-feira, na sala 108 do Bloco 1 da Unisc.

Reis destaca que está deixando a coordenação em função do encerramento do convênio do APL VRP com o Governo do Estado, neste mês de setembro. “Agora temos a necessidade da renovação da coordenação do APL. Não quero continuar justamente para abrir o processo de renovação e proporcionar que mais pessoas e entidades possam estar à frente da gestão”, observa.

O coordenador observa que também as diretrizes do APL estarão em discussão nesta reunião, em especial, no quesito financiamento da entidade. “A gente sabe que os APLs poderão contar cada vez menos com recursos públicos e terão que se articular para atuarem de forma autossustentável, promovendo o desenvolvimento da região por conta própria. Tenho certeza que a coordenação vai dar conta disso, em especial, em conjunto com os municípios e as entidades representativas. Pode significar um momento de fortalecimento do APL, pois poderá causar um engajamento maior”, citou.

Na pauta do encontro ainda estão a apresentação da nova estrutura do Programa de APLs da SDECT; a avaliação do Seminário do APL realizado em agosto, na Unisc; a discussão e Aprovação da Composição da Governança do APL; a eleição da nova coordenação do APL; os informes sobre o andamento na execução dos convênios 015-2015 e 08-A-2016 do APL; a apresentação do Calendário de Feiras e Eventos da Região para execução do Termo de Fomento 08-A-2016, entre outros.

Jacson Miguel Stülp – MTb /DRT-RS 9692

Direção de Conteúdo

Jornalista / Assessoria de Imprensa/ assessoria@casemkt.com

(51) 3056.2840 / 9999.46313

FB: CaseMarketing / Skype: Jacson.miguel.stulp

CASE MARKETING

Rua 28 de setembro, 624 / sala 624 Centro – 96810 174 – Santa Cruz do Sul/RS

www.casemkt.com

EFASOL PARTICIPA DA EXPOINTER 2017

Nos dias 29 e 30 de agosto os monitores Marlon Bianchini e Régis Solano estiverem presentes na Expointer 2017 representando a EFASOL. A partir de uma parceria com a FETAG-RS, a Escola Família Agrícola do Vale do Sol esteve expondo suas práticas junto com as outras três EFAs do RS, dividindo a banca com diferentes experiências em educação do campo, como o Crescer Legal e as Casas Familiares Rurais. A banca foi um espaço de troca de conhecimentos a partir das sementes crioulas que estavam expostas. Segundo o professor Marlon Bianchini, monitor da EFASOL, “as sementes são um resgate importante realizado pelas/pelos estudantes, que para a Expointer, disponibilizaram mais de 40 espécies de sementes que foram trocadas e doadas a todas/todos que estavam dispostas/dispostos a reproduzir e manter vivo o espírito de guardiã/guardião de sementes”.Estudantes do segundo ano da EFASOL em visita técnica a EXPONTER 2017

Já no dia 31 de agosto, as turmas de segundo ano realizaram uma visita técnica a Expointer. A visita teve como objetivo possibilitar aos/às jovens o conhecimento sobre as tecnologias voltadas ao campo, possibilitando a discussão a respeito do que queremos para o campo enquanto agricultura. Durante o dia, as/os estudantes participaram de oficinas na Casa da EMATER/RS-Ascar, com os mais variados temas, como conservação de solo e manejo de pragas e doenças. Ainda, puderam visitar o Pavilhão da Agricultura Familiar, onde estavam presentes muitas agroindústrias de diversas regiões do estado e do país.

No mesmo dia, no Espaço Cultural do Pavilhão da Agricultura Familiar, foi realizado o lançamento da Revista Sementes Crioulas, produto do Projeto Juventudes do Campo realizado pela AGEFA em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo do Estado do Rio Grande do Sul – SDR. Na ocasião, o Secretário Executivo da AGEFA, Adair Pozzebom, realizou uma fala a respeito da importância da parceria entre EFAs e a SDR, principalmente no que tange a preservação da agrobiodiversidade crioula. O presidente da AGEFA, Anderson Richter, também colocou a importância da permanência das sementes crioulas nas mãos dos/das agricultores/agricultoras como forma de autonomia na agricultura. Também, estava presente na cerimônia o Secretário da SDR Tarcísio Minetto, que ressaltou o trabalho das EFAs para Educação do Campo como forma de auxílio para a permanência do/da jovem no campo.

 

LEMBRETE: A EFASOL ABRIRÁ SEU PROCESSO DE INSCRIÇÃO PARA 2018 EM SETEMBRO. PARA REALIZAR A INSCRIÇÃO É NECESSÁRIO COMPROVAR VÍNCULO COM A AGRICULTURA E ESTAR CIENTE QUE SERÁ INDISPENSÁVEL COMPROVAÇÃO DE APROVAÇÃO NO ENSINO FUNDAMENTAL. MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O PROCESSO DE INGRESSO/2018 NA EFASOL SERÃO VINCULADAS NESSE JORNAL NESSE MÊS.

Acompanhe as atividades da EFASOL nas redes pelo endereço: https://www.facebook.com/escolafamiliaagricoladevaledosol/

 

Monitores da EFASOL - Marlon Bianchini e Régis Solano (esquerda para direita) - com o Secretário Executivo da AGEFA Adair Pozzebom

Secretário da SDR Tarcísio Minetto2