APL VRP: Seminário Regional reafirma a importância do APL como estratégia de desenvolvimento

Santa Cruz do Sul – O APL VRP – Agroindústria e Produção de Alimentos realizou na quarta-feira, dia 16, a segunda etapa do Seminário Regional de Cooperativismo, Governança e Produção de Alimentos do Vale do Rio Pardo, no Anfiteatro da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc). Na ocasião houve o debate da temática Governança como estratégia de Gestão Interinstitucional, pelo professor Carlos Eduardo Ruschel Anes.319113_722921_img_9928

Anes destacou a importância da governança e gestão para a produção de alimentos, assim como relatos da dinâmica produtiva. “Levantamos alguns questionamos para o entendimento da agricultura familiar, como uma produção não industrial”, observou. Segundo ele, é necessário que a governança esteja alerta ao que está acontecendo junto às famílias produtoras dentro das propriedades.

“Há necessidade de uma análise situacional da produção familiar, de conhecer esse processo. A partir do conhecimento disso, serve como objeto para definir objetivos, propostas e ações estratégicas mais adequadas à realidade dessas famílias produtoras”, citou.

Após, as discussões se concentraram sobre o posicionamento do APL VRP, sendo que as entidades presentes deram seus depoimentos a respeito da atuação da instituição. No total, foram 33 entidades que se pronunciaram.

O pró-reitor de Pesquisa e Extensão da Unisc, Angelo Hoff, observou que o Seminário teve um resultado positivo. Ele destaca que a discussão agora parte para a definição de um novo coordenador. “Queremos aproveitar o momento de transição para dar uma nova força para todo o conjunto, para que haja novas adesões e tenhamos mais entidades por afinidade nessa nossa caminhada”, destacou.

O coordenador da Governança do APL VRP, Sérgio Reis, fez uma avaliação positiva do Seminário. Em especial da participação das entidades da Governança, onde 33 entidades deram seu depoimento pela sequência do trabalho da entidade. “Foi um Seminário muito importantes para o futuro do APL, tanto na questão das cooperativas, na primeira etapa, como da parte da governança, que deu uma linha de pensamento para as nossas atividades”, observou.

Sérgio também destacou a abertura da sucessão da coordenação do APL VRP. “Estamos chegando ao final do convênio e se sente a necessidade de uma renovação da coordenação. Eu não gostaria de continuar para oportunizar a outras entidades e pessoas para contribuir com o APL”. A definição do novo nome deve ser realizada no dia 12 de setembro, quando ocorrerá uma definição em relação ao financiamento do arranjo, sendo que os recursos disponibilizados até então eram do BIRD por um convênio que encerra em dezembro de 2018. Até agora o Governo Estadual não se posicionou se o programa irá continuar recebendo recursos públicos a partir de 2019.

Além da sucessão da coordenação, no dia 12 de setembro também ocorre uma definição em relação ao reposicionamento do APL. O gestor do APL, Jesus Edemir Rodrigues destaca que está sendo discutida a composição da governança, onde várias entidades fazem parte. “A discussão é se vai continuar como está composta hoje, ou se vamos escolher uma representação de cada município para compor a governança, mais as entidades que realizam um trabalho em nível regional, além dos agricultores através das cooperativas e das associações”, cita. Segundo Jesus, estudos apontam que uma governança com grande número de participantes é mais difícil de chegar a definições por consenso sendo necessário muitas vezes abrir processo de votação para as decisões. Mas isso é a atual governança que deverá decidir na próxima reunião.

319113_722917_img_9725

Sergio Reis quer deixar a coordenação (Jacson Miguel Stülp/CaseMKT)

 

319113_722919_img_9767

Jacson Miguel Stülp – MTb /DRT-RS 9692

Direção de Conteúdo

Jornalista / Assessoria de Imprensa/ assessoria@casemkt.com

(51) 3056.2840 / 9999.46313

FB: CaseMarketing / Skype: Jacson.miguel.stulp

CASE MARKETING

Rua 28 de setembro, 624 / sala 624 Centro – 96810 174 – Santa Cruz do Sul/RS

www.casemkt.com

APL VRP: Seminário Regional discute governança e produção de alimentos na quarta-feira

Segunda etapa ocorre a partir das 8h30 no auditório do bloco 19 da Unisc  

318836_722331_img_20170808_085033
Santa Cruz do Sul – O Arranjo Produtivo Local do Vale do Rio Pardo – Agroindústria e Produção de Alimentos realiza nesta quarta-feira, dia 16, a segunda etapa do Seminário Regional sobre Cooperativismo, Governança e Produção de Alimentos na Agricultar Familiar no Vale do Rio Pardo. O início será às 8h30, no auditório do bloco 19 da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc).

O evento tem uma programação extensa, que começa com a palestra “A Governança como estratégia de Gestão Interinstitucional, com o palestrante Carlos Eduardo Ruschel Anes, professor da Universodade Federal da Fronteira Sul. Em seguida ocorre o painel “O APL VRP na visão das entidades da Governança”. À tarde, as entidades seguem com o painel e finalizam com o debate “Rumos do APL Vale do Rio Pardo”.

Esta é a segunda etapa do seminário, que já teve um dia de reflexão na última semana, com participação do vice-presidente da Cooperativa dos Citricultores do Vale do Caí – Ecocitrus, Ernesto Kasper, que trouxe o tema Cooperativismo no Contexto da Agricultura Familiar, e apresentou o case da entidade que está há 23 anos praticando economia solidária através do cooperativismo.

Ainda houve a participação das cooperativas da região do Vale do Rio Pardo fizeram um relato de suas atividades. Estiveram presentes a Coopersanta, de Santa Cruz do Sul; a Cooperlaf, de Boqueirão do Leão; a Coopervec, de Vera Cruz; e a Copasvale, de Passo do Sobrado, apresentaram um pouco do seu histórico e da atuação ao longo dos anos.

Segundo o gestor do APL VRP, Jesus Edemir Rodrigues, o evento é importante para debater o rumo da entidade perante a sua governança e ao novo cenário político estadual e federal. “Estamos realizando este seminário com as entidades para alinhavar novas estratégias e caminhos a serem percorridos”, observou.

Programação

16/08/2017 (quarta-feira)

8h30 – Abertura

8h45 – Palestra: A Governança como estratégia de Gestão Interinstitucional. Palestrante: Carlos Eduardo Ruschel Anes – Professor da UFFS

10h – Debate

10h30 – Painel: O APL VRP na visão das entidades da Governança

12h – Intervalo para almoço

13h30 – Painel: O APL VRP na visão das entidades da Governança (continuação)

15h – Intervalo para café

15h15 – Debate: Rumos do APL Vale do Rio Pardo

16h30 – Encerramento

Jacson Miguel Stülp – MTb /DRT-RS 9692

Direção de Conteúdo

Jornalista / Assessoria de Imprensa/ assessoria@casemkt.com

(51) 3056.2840 / 9999.46313

FB: CaseMarketing / Skype: Jacson.miguel.stulp

CASE MARKETING

Rua 28 de setembro, 624 / sala 624 Centro – 96810 174 – Santa Cruz do Sul/RS

www.casemkt.com

Ações para fortalecer o cooperativismo e a produção de alimentos em debate

Primeira etapa do seminário promovido pelo APL VRP discutiu ações para desenvolver mais a produção de alimentos na região

318477_721611_img_9244
Santa Cruz do Sul – O APL Vale do Rio Pardo – Agroindústria e Produção de Alimentos realizou nesta terça-feira, dia 8, no bloco 19 da Unisc, o Seminário Regional sobre Cooperativismo, Governança e Produção de Alimentos na Agricultar Familiar no Vale do Rio Pardo. A segunda etapa do evento será na próxima quarta-feira, dia 16.

Na parte da manhã, o vice-presidente da Cooperativa dos Citricultores do Vale do Caí – Ecocitrus, Ernesto Kasper, abordou o tema Cooperativismo no Contexto da Agricultura Familiar, quando apresentou a história da entidade que está há 23 anos praticando economia solidária através do cooperativismo. “A Ecocitrus é uma cooperativa de agricultores ecológicos fundada em 1994, formada por pequenos agricultores na região do Vale do Caí que queria praticar uma agricultura diferenciada, onde fossem utilizados os conceitos de agroecologia e sustentabilidade. Enfrentaram a falta de insumos criando a usina de compostagem e logo após compraram a área e prédio da agroindústria e onde beneficiariam a produção de frutas”, explica Kasper.

318477_721502_img_9223Atualmente, a Ecocitrus conta com mais de 100 associados, e é referência em agricultura orgânica e familiar. A cooperativa exporta seus produtos para diferentes partes do mundo, compartilha sua experiência em diversos eventos no Brasil e no exterior, além de receber cerca de 1.200 visitantes/ano em suas unidades.

O vice-presidente ainda ressaltou que a base para criar uma empresa sólida é ter estrutura e fazer um planejamento. “Precisamos conhecer o nosso produto e fazer um planejamento de curto à longo prazo, além de traçar o principio da empresa. No caso da Ecocitrus, o resgate da agricultura sustentável, ecologicamente correta, socialmente justa e economicamente viável foi o princípio que sempre norteou as nossas ações. O segredo para termos sucesso está na transparência com os cooperados”, destacou.

Região

As cooperativas da região do Vale do Rio Pardo fizeram um relato de suas atividades à tarde. Sob a condução do professor João Paulo Reis Costa, da Efasc, a Coopersanta, de Santa Cruz do Sul; a Cooperlaf, de Boqueirão do Leão; a Coopervec, de Vera Cruz; e a Copasvale, de Passo do Sobrado, apresentaram um pouco do seu histórico e da atuação ao longo dos anos.

318477_721499_img_9207Foram observados cinco pontos de confluência das cooperativas. A busca por novos mercados, além do institucional; a intercooperação, com trabalho integrado entre as cooperativas; a necessidade da produção de alimentos orgânicos; a inserção da juventude nas discussões; e o fomento de redes de cooperação, para a integração das entidades.

A segunda etapa dos debates do seminário na próxima semana, no dia 16, vai discutir o reposicionamento do APL VRP perante a sua Governança e ao novo cenário político estadual e federal.

Programação da próxima etapa

16/08/2017 (quarta-feira)
8h30 – Abertura
8h45 – Palestra: A Governança como estratégia de Gestão Interinstitucional. Palestrante: Carlos Eduardo Ruschel Anes – Professor da UFFS
10h – Debate
10h30 – Painel: O APL VRP na visão das entidades da Governança
12h – Intervalo para almoço
13h30 – Painel: O APL VRP na visão das entidades da Governança (continuação)
15h – Intervalo para café
15h15 – Debate: Rumos do APL Vale do Rio Pardo
16h30 – Encerramento

Jacson Miguel Stülp – MTb /DRT-RS 9692

Direção de Conteúdo

Jornalista / Assessoria de Imprensa/ assessoria@casemkt.com

(51) 3056.2840 / 9999.46313

FB: CaseMarketing / Skype: Jacson.miguel.stulp

CASE MARKETING

Rua 28 de setembro, 624 / sala 624 Centro – 96810 174 – Santa Cruz do Sul/RS

www.casemkt.com

Seminário Regional do APL VRP discute cooperativismo, governança e produção de alimentos

317991_719947_dscn8081Santa Cruz do Sul – A Universidade Santa Cruz do Sul (Unisc), por meio da Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários (PROEXT), do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional (PPGDR) e da gestão do APL da Agroindústria Familiar e Produção de Alimentos no Vale do Rio Pardo (APL VRP), promove na próxima terça-feira, dia 8, e no dia 16, no auditório do bloco 19 da Unisc, o Seminário Regional sobre Cooperativismo, Governança e Produção de Alimentos na Agricultura Familiar no Vale do Rio Pardo.

O evento inicia às 8h30, e tem como objetivo o reposicionamento do APL da Agroindústria Familiar e Produção de Alimentos para o próximo período, levando em consideração a plataforma de comercialização e os recursos obtidos na Consulta Popular 2016, previstos para liberação até setembro de 2017, que serão aplicados na criação de uma estrutura para comercializar alimentos produzidos pelas cooperativas da agricultura familiar.

Segundo o gestor do APL VRP, Jesus Edemir Rodrigues, durante o seminário será oportunizado um espaço para apresentações das cooperativas, e um debate sobre o papel das mesmas no desenvolvimento da agricultura familiar na região do Vale do Rio Pardo, bem como o significado e o papel do APL da Agroindústria Familiar e Produção de Alimentos na região, a partir da visão das instituições que compõem a sua governança.

“Trata-se de dois momentos importantes para que possamos debater sobre o rumo que a região está tomando em relação à proposta desde a inclusão do APL, em 2012, no Programa de APLs do Governo do RS e o papel das cooperativas no desenvolvimento da agricultura familiar”, observa Jesus.

 

Programação

08/08/2017 – (terça-feira)

8h30 – Abertura

8h45 – Palestra: O Cooperativismo no Contexto da Agricultura Familiar: a experiência da ECOCITRUS.  Palestrante: Ernesto Kasper – Vice-Presidente da Ecocitrus

10h30 – Debate

11h30 – Intervalo para almoço

13h – Painel: As Cooperativas da Agricultura Familiar na região do Vale do Rio Pardo

15h – Intervalo para café

15h30 – Debate

16h30 – Encerramento

 

16/08/2017 (quarta-feira)

8h30 – Abertura

8h45 – Palestra: A Governança como estratégia de Gestão Interinstitucional.  Palestrante: Carlos Eduardo Ruschel Anes – Professor da UFFS

10h – Debate

10h30 – Painel: O APL VRP na visão das entidades da Governança

12h – Intervalo para almoço

13h30 – Painel: O APL VRP na visão das entidades da Governança (continuação)

15h – Intervalo para café

15h15 – Debate: Rumos do APL Vale do Rio Pardo

16h30 – Encerramento

 

 

 

Jacson Miguel Stülp – MTb /DRT-RS 9692

Direção de Conteúdo

Jornalista / Assessoria de Imprensa/ assessoria@casemkt.com

(51) 3056.2840 / 9999.46313

FB: CaseMarketing / Skype: Jacson.miguel.stulp

CASE MARKETING

Rua 28 de setembro, 624 / sala 624 Centro – 96810 174 – Santa Cruz do Sul/RS

www.casemkt.com