CVT visita Embrapa para apresentar proposta de cursos

Meta inicial é fechar a aquisição e instalação de equipamentos da estrutura em março e em seguida iniciar os treinamentos

CVT_Emprapa_fevereiro 2019

Santa Cruz do Sul – Os coordenadores, institucional e técnico, do Centro Vocacional e Tecnológico do Vale do Rio Pardo (CVT VRP), professor Angelo Hoff, e Jesus Edemir Rodrigues, estiveram em Pelotas, na Embrapa Clima Temperado, onde apresentaram a proposta de cursos a serem executados na estrutura localizada em Rincão Del Rey, Rio Pardo, ao longo do ano.

O prédio, inaugurado em março do ano passado, está recebendo os últimos ajustes como aquisição de equipamentos para a instalação e refeitório, por exemplo, para receber os cursos previstos no plano de trabalho. O edital para a compra de materiais foi aberto na metade de fevereiro pela Prefeitura de Rio Pardo, a responsável pela construção e finalização da estrutura.

A visita à Embrapa teve o objetivo de convergir agendas e propostas para troca de experiências no local, visando a qualificação da agricultura familiar do Vale do Rio Pardo. “Apresentamos os cursos previstos no plano de trabalho apresentado ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) para fazermos essa troca de experiências. Em quatro das cinco áreas a Embrapa Clima Temperado pode auxiliar na execução destes treinamentos. A Embrapa elogiou a estrutura montada e se colocou à disposição para nos auxiliar”, destacou o professor Angelo Hoff.

A coordenação do CVT VRP retornou de Pelotas aberta a criação de novos cursos e treinamentos de olho nas tendências de mercado para a agricultura familiar. “O importante é identificar essa tendência e colocar em debate para que a governança do CVT VRP, formado por uma série de entidades, possa decidir o que é importante”, observou Jesus Edemir Rodrigues.

Além de Angelo e Jesus, a comitiva do CVT, teve ainda a presença da assessora de Prestação de Serviços, Patrícia Maria Konzen Klamt, que foi recepcionada pelo chefe geral da Embrapa Clima Temperado, Clenio Nailton Pilon; pelo chefe-adjunto de Pesquisa e Desenvolvimento, Jair Costa Nachtigal e Andrea Denise Hildebrandt Noronha, do Setor de Implementação da Programação de Transferência de Tecnologia.

Cursos previstos

Entre as atividades planejadas para o CVT VRP estão o atendimento às famílias rurais com um conjunto de ações de extensão. Estão previstos cursos nas áreas de Boas práticas de produção primária de olericulturas, piscicultura, fruticultura; Dietas e melhoramento genético da produção de leite; Boas práticas de beneficiamento de alimentos de origem vegetal e animal; o de Gestão da unidade de produção familiar, associativismo e cooperativismo; e o de Produção orgânica, agroecológica e certificação.

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *