Seminário de Agroecologia marca aula inaugural do CVT

Santa Cruz do Sul – Ocorreu nesta terça-feira, dia 27, o IV Seminário de Agroecologia, promovido pela Articulação em Agroecologia do Vale do Rio Pardo (AAVRP), junto com a Uergs e a Unisc, por intermédio do APL de Produção de Alimentos da Agricultura Familiar do Vale do Rio Pardo. Na oportunidade ocorreu a aula inaugural do Centro Vocacional Tecnológico de Diversificação da Fumicultura DSCN5626do Vale do Rio Pardo (CVT), em Rincão Del Rey, Rio Pardo. O evento contou com cerca de 270 pessoas, de mais de 30 municípios do Rio Grande do Sul, e também esteve presente o pesquisador do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Alfredo da Costa Pereira Junior.
Segundo o coordenador do APL de Produção de Alimentos da Agricultura Familiar do Vale do Rio Pardo, João Paulo Reis Costa está sendo dado um passo muito importante de fortalecimento da Agricultura familiar no VRP, pois estamos iniciando as atividades do CVT da Diversificação, com o IV seminário de Agroecologia promovido pela AAVRP, numa articulação do APL. “São três entidades que juntas somam mais de 50 entidades da região que trabalham com a Agricultura familiar e estão sensíveis ao debate da Agroecologia. Não podia ter estreia melhor para o nosso CVT”, salientou João.
O pró-reitor de Extensão e Relações Comunitárias, Ângelo Hoff, ressaltou que a governança do CVT está muito satisfeita com a presença, a participação e energia percebida neste primeiro dia das aulas regulares do CVT. “A programação foi intensa e atingiu os objetivos de envolver a governança e lideranças institucionais da região que trabalham com agricultura familiar, principalmente com os jovens das escolas famílias agrícola e agricultores. Foi gratificante ver a interação de todos e ver o interesse nos jovens agricultores em expandir os negócios familiares”, ressaltou Hoff.
Durante a manhã ainda ocorreu uma mesa redonda sobre Segurança e Soberania Alimentar na perspectiva da Agroecologia, composta pelo Prof. Dr. Alfredo da Costa Pereira Junior – Pesquisador Titular do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Profa. Dra. Gisele Martins Guimarães – Docente do Departamento de Extensão Rural da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Dr. Fernando Rogerio Costa Gomes – Embrapa Clima Temperado- Unidade Pelotas(RS) e Jesus Edemir Rodrigues – Gestor Executivo do Arranjo Produtivo Local de Agroindústria e Alimentos da Agricultura Familiar do Vale do Rio Pardo (APL VRP).
Durante a tarde foram realizadas oficinas temáticas, cujos temas abordados foram: Sementes Crioulas, Homeopatia Popular e Comunitária, Plantas Reparados do Solo, Controle Biológico na Lavoura, Pancs – plantas Alimentícias não convencionais e Princípios de Agrofloresta.

Fotos do evento

Michele Wrasse
Jornalista / Assessoria de Imprensa/
conteudo@casemkt.com
(51) 3056.2840
FB: CaseMarketing /

CASE MARKETING
Rua 28 de setembro, 624 / sala 624
Centro – 96810 174 – Santa Cruz do Sul/RS
www.casemkt.com

Aula inaugural do CVT conta com representante do MCTIC

Santa Cruz do Sul – Uma aula inaugural com presença do pesquisador do Ministério da Ciência, Tecnologia,350949_844713_cvt_rio_pardo__8_ Inovações e Comunicações (MCTIC), Alfredo da Costa Pereira Junior, vai marcar o início das atividades do Centro Vocacional Tecnológico de Diversificação da Fumicultura do Vale do Rio Pardo (CVT), em Rincão Del Rey, Rio Pardo, na próxima terça-feira, dia 27. O evento ocorre a partir das 9h, sendo que em seguida será realizado um Seminário de Agroecologia, promovido pela Articulação em Agroecologia do Vale do Rio Pardo (AAVRP), junto com a Uergs e a Unisc, por intermédio do APL de Produção de Alimentos da Agricultura Familiar do Vale do Rio Pardo.

Segundo o pró-reitor Reitoria de Extensão e Relações Comunitárias, Angelo Hoff, a aula inaugural é o primeiro evento após o início adequação da estrutura do CVT. “Junto com o município de Rio Pardo conseguimos realizar alterações de estrutura previstas no plano de trabalho para adequar o CVT para a nova finalidade, que é a realização de atividades para a diversificação da agricultura familiar do Vale do Rio Pardo. E junto será realizado o Seminário de Agroecologia vem ao encontro desta proposta”, observa Angelo Hoff.

O evento ocorre no Centro Vocacional Tecnológico de Diversificação da Fumicultura do Vale do Rio Pardo (CVT), em Rincão Del Rey, Rio Pardo, sendo que após a aula inaugural, pela manhã, será realizada uma mesa redonda sobre soberania alimentar. À tarde serão realizadas oficinas temáticas sobre sementes crioulas, plantas recuperadoras de solos, agroflorestal, controle biológico e homeopatia e agroecologia.

A programação

Local: Centro Vocacional Tecnológico de Diversificação da Fumicultura do Vale do Rio Pardo (CVT) – Rio Pardo, RS

8h30 – Recepção

9 h – Abertura Oficial

Rafael Reis Barros – Prefeito Municipal de Rio Pardo

Profa. Carmen Lúcia de Lima Helfer – Reitora da Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC)

Prof. José Antônio Kroeff Schmitz – Representante da Articulação em Agroecologia do Vale do Rio Pardo (AAVRP)

Prof. Dr. Alfredo da Costa Pereira Junior – Pesquisador Titular do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC)

9h30 – Aula Inaugural do CVT

Assunto: Importância da ocupação das estruturas do centro regional de formação

Prof. Ms. João Paulo Reis Costa – Escola Família Agrícola de Santa Cruz do Sul (EFASC) e Coordenador do Arranjo Produtivo Local de Agroindústria e Alimentos da Agricultura Familiar do Vale do Rio Pardo – (APL VRP)

Prof. Ms. Angelo Hoff – Pró-Reitor de Extensão e Relações Comunitárias da Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC)

10h – Mesa redonda

Assunto: Soberania Alimentar

Prof. Dr. Alfredo da Costa Pereira Junior – Pesquisador Titular do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC)

Profa. Dra. Gisele Martins Guimarães – Docente do Departamento de Extensão Rural da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)

Dr. Fernando Rogerio Costa Gomes – Embrapa Clima Temperado- Unidade Pelotas(RS)

Jesus Edemir Rodrigues – Gestor Executivo do Arranjo Produtivo Local de Agroindústria e Alimentos da Agricultura Familiar do Vale do Rio Pardo (APL VRP)

11h30 – Debate

12h – Almoço

13h30 – Mística

13h45 – Oficinas Temáticas

Oficina 1: Sementes Crioulas

Felipe Huff – Acadêmico do Curso de Agronomia da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS) Unidade Cachoeira do Sul e Representante do Grupo de Agroecologia GAIA

Oficina 2: Plantas Recuperadoras de solos

Prof. Dr. Benjamim Dias Osório Filho

Engº Agronomo – Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS) Unidade Cachoeira do Sul

Oficina 3: O princípio de uma Agrofloresta

Escola Família Agrícola de Santa Cruz do Sul (EFASC) e Cepa Cipó.

Oficina 4: Controle Biológico

Prof. Dr. Andreas Köhler – Docente do Departamento de Biologia e Farmácia da Universidade de Santa Cruz do Sul(UNISC)

Oficina 5: Homeopatia e Agroecologia

Marcos Zerbielli – Homeopata Popular

Oficina 6: Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANC’S)

Fernanda Ludwig – Profª. Adj. Curso de Tecnologia em Horticultura da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS)

Unidade Santa Cruz do Sul

Ana Claudia Guske – Gastrônoma e Mestra em Desenvolvimento Regional – Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS) – Unidade Santa Cruz do Sul

16h – Encerramento

Assessoria de Imprensa do APL de Produção de Alimentos da Agricultura Familiar do Vale do Rio Pardo

Agricultura Familiar: Veterinária da SDR ministra capacitação de Boas Práticas de Produtos de Origem Animal

Santa Cruz do Sul – Uma capacitação de Boas Práticas de Fabricação de Produtos de Origem Animal vai ser promovida na próxima segunda-feira, dia 12, na Sala 101 da Unisc, para empreendedores das agroindústrias e técnicos responsáveis pelo Sistema de Inspeção Municipal (SIM). A atividade, com início às 8h30, é uma proposta em parceria do APL de Alimentos e Consórcio Intermunicipal de Serviços do Vale do Rio Pardo (Cisvale).

A capacitação será ministrada pela veterinária da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), Maluza Machado Feltrim, sendo que pela manhã tema abordado será a adoção de boas práticas de fabricação de alimentos, voltado para empreendedores das agroindústrias familiares, e à tarde, a partir das 13h30, os técnicos responsáveis pelos empreendimentos e veterinários do SIM participam do debate da temática Rotulagem de Produtos de Origem Animal.

Segundo o gestor do APL de Alimentos, Jesus Edemir Rodrigues, a capacitação é essencial para que a região se adeque às normativas vigentes. “É preciso que as agroindústrias conheçam como funciona a legislação, tenham essa capacitação e, que os técnicos e veterinários intensifiquem o debate sobre a rotulagem de produtos”, destaca Rodrigues. Esta atividade está prevista no Plano de Trabalho do termo de colaboração 015/2017 – SDECT/DCIT/APL, do Projeto Rede de Comercialização de Produtos da Agricultura Familiar do APL VRP.

 

Michele Wrasse
Jornalista / Assessoria de Imprensa/
conteudo@casemkt.com
(51) 3056.2840
FB: CaseMarketing /

CASE MARKETING
Rua 28 de setembro, 624 / sala 624
Centro – 96810 174 – Santa Cruz do Sul/RS
www.casemkt.com

apl_convite