APL VRP mobiliza região para votar por recursos da Consulta Popular

Desenvolvimento Rural deve ser uma das prioridades para região seguir com acesso a recursos

Santa Cruz do Sul – O APL Vale do Rio Pardo – Agroindústria e Produção de Alimentos está mobilizando os municípios para participarem do processo de Consulta Popular, promovido pelo Governo do Estado. Segundo o gestor do APL, Jesus Edemir Rodrigues, votar nos itens 3 e 4 na cédula de votação, que tratam sobre Desenvolvimento Rural, é fundamental para contribuir com a região. Trata-se de uma prioridade regional essencial para que o Vale do Rio Pardo e do Centro-Serra siga tendo recursos disponibilizados dentro do programa.

anexos_checkurl

Produção de alimentos pela agricultura familiar deve ser uma das prioridades (Jacson Miguel Stülp/CaseMKT)

“Estamos em fase de mobilização dos municípios para que haja uma adesão ao processo de votação, especialmente para que votem no item 3 ou 4, como uma demanda prioritária”, destaca Jesus. O item 3, destaca a área de Desenvolvimento Rural, com projetos para a prevenção do êxodo rural na agricultura familiar, enquanto que o 4,  também na área de Desenvolvimento Rural, beneficia projetos de bovinocultura do leite, com apoio ao desenvolvimento da produção leiteira e da pecuária familiar.

O gestor alerta para que os votos não sejam polarizados para não correr o risco de votar num projeto que não fique entre os quatro mais votados na região. “A concentração de voto nas propostas 2 e 3 é para garantir recursos para esses dois projetos”, explica.

No Estado serão disponibilizados um total de R$ 60 milhões no total da Consulta Popular 2017. Já para o Vale do Rio Pardo serão beneficiados os quatro mais votados e cada um receberá 25% do valor total de R$ 2.028.571,43, sendo R$ 507.142,85 para cada projeto eleito.

A votação está marcada para os dias 01, 02 e 03 de agosto, quando a população poderá votar apenas num dos programas e ações constantes na cédula de votação, que poderá ser feito on-line ou nos postos de votação, sendo necessário ter em mãos o título de eleitor. Para quem não tiver o título por perda ou qualquer outro motivo, poderá acessar via internet o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que permite esta pesquisa.

O eleitor poderá votar de forma presencial nos pontos de captação de votos, pelo site da consulta popular, ou via SMS para o número 29000, com a palavra RSVOTO# (nº do título de eleitor# (nº do programa, de 1 a 10).

Confira as demandas

Votação de Demandas – Vale do Rio Pardo

Programas – Escolha apenas uma das opções

1 – SAÚDE: Criação e ampliação de novos leitos de UTI nos hospitais da região

2 – AGRICULTURA: Programa gestão sustentável do solo

3 – DESENVOLVIMENTO RURAL: Prevenção do êxodo rural na agricultura familiar

4 – DESENVOLVIMENTO RURAL: Bovinocultura do leite – Apoio ao desenvolvimento da produção leiteira e da pecuária familiar

5 – SEGURANÇA PÚBLICA: Investimento em tecnologia de Segurança Pública

6 – DESENVOLVIMENTO RURAL: Agroindústria Familiar Sabor Gaúcho

7 – MINAS E ENERGIA: Qualificar a rede de distribuição elétrica no meio rural

8 – DESENVOLVIMENTO SOCIAL: Implantação de usina regional de reciclagem de resíduos sólidos

9 – CULTURA, TURISMO E ESPORTES: Qualificação e desenvolvimento do Turismo no Vale do Rio Pardo

10 – CIÊNCIA E TECNOLOGIA: Desenvolver a cultura de cooperação e empreendedorismo

Jacson Miguel Stülp – MTb /DRT-RS 9692

Direção de Conteúdo

Jornalista / Assessoria de Imprensa/ assessoria@casemkt.com

(51) 3056.2840 / 9999.46313

FB: CaseMarketing / Skype: Jacson.miguel.stulp

CASE MARKETING

Rua 28 de setembro, 624 / sala 624 Centro – 96810 174 – Santa Cruz do Sul/RS

www.casemkt.com

APL VRP vai divulgar plataforma de comercialização na Festa do Colono e Motorista em Vera Cruz

Evento ocorre no próximo domingo e terá exposição de agroindústrias

317014_717043_dscn4092

Santa Cruz do Sul – O Arranjo Produtivo Local (APL VRP) – Agroindústria e Produção de Alimentos vai fazer a divulgação da plataforma de comercialização na Festa do Colono e do Motorista em Linha Henrique D´Ávila, interior de Vera Cruz. A atividade ocorre no dia domingo, dia 23, no Clube Cultural e Esportivo Juventude, de Linha Henrique D’Ávila. A programação da tradicional Festa do Colono e Motorista vem recheada de atrações, organizadas há cerca de um mês.

Às 10 horas ocorre o início com desfile de máquinas e implementos agrícolas, indústria, comércio, escolas, prefeitura, entidades tradicionalistas. Haverá brinquelândia, exposição de agroindústrias e venda de produtos coloniais, além de mateada com a Erva Mate Lago Verde. Ao meio-dia tem almoço seguido de atrações artísticas e culturais e às 16 horas, reunião dançante com a Banda Alto Astral, entrada grátis.

O gestor do APL VRP, Jesus Edemir Rodrigues destaca que a participação da entidade no evento, com a divulgação da plataforma de divulgação é muito importante. “A finalização da plataforma será um grande passo para os agricultores familiares poderem melhorar a comercialização”, aponta.

Jacson Miguel Stülp – MTb /DRT-RS 9692

Direção de Conteúdo

Jornalista / Assessoria de Imprensa/ assessoria@casemkt.com

(51) 3056.2840 / 9999.46313

FB: CaseMarketing / Skype: Jacson.miguel.stulp

CASE MARKETING

Rua 28 de setembro, 624 / sala 624 Centro – 96810 174 – Santa Cruz do Sul/RS

www.casemkt.com

APL VRP apresenta políticas públicas em Seminário em Vale do Sol

Evento foi realizado na Efasol e contou com participação de diversas entidades da região

316734_716244_dsc02811

Santa Cruz do Sul – O APL VRP de Agroindústrias e Produção de Alimentos, em parceria com a Efasol e Efasc, realizou o 2º Seminário de Políticas Públicas para a Juventude do Campo no dia 13 de julho. O evento foi realizado em Vale do Sol, nas dependências da Efasol, e reuniu um grande número de entidades.
A programação do seminário foi realizada com o propósito de apresentar e divulgar a Plataforma de Comercialização do APL e discutir sobre políticas públicas para os jovens do campo, na visão de várias entidades pelas quais foram apoiadoras do evento, contando com painelistas da Cooperativa Sicredi Vale do Rio Pardo, Emater/RS – Ascar, Associação dos Municípios do Vale do Rio Pardo (Amvarp), Associação dos Municípios do Centro Serra (AMCSERRA), Arranjos Produtivos Locais, Sindicato dos Trabalhadores Agricultores Familiares de Santa Cruz do Sul, Vale do Sol, Sinimbu e Herveiras (STR), e Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA). Todas essas entidades trabalham com políticas públicas ligadas diretamente para a agricultura familiar, com o objetivo de contribuir na construção do conhecimento dos jovens filhos e filhas de agricultores familiares de nossa região.
Segundo o coordenador da Efasol, Régis Dattein Solano, o tema políticas públicas está fortemente atrelado do plano de formação das EFAs, pois no 3º ano os jovens estudantes elaboram um Projeto Profissional do Jovem (PPJ), e para a realização do mesmo, é necessário conhecer e debater esse tema. “O propósito é contribuir para que no futuro esses jovens possam estar promovendo ações que visam a melhorar o meio rural, com produção de alimentos saudáveis, trabalho coletivo e qualidade de vida”, explica Régis Solano.
Articulação
O gestor do APL VRP, Jesus Edemir Rodrigues apresentou a Plataforma de Comercialização como um case prático de uma Política Pública e detalhou as demais ações de articulação do APL e da gestão através da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), em especial, o seu envolvimento junto aos agricultores familiares e também às entidades que compõem o arranjo, para o acesso às políticas públicas nas diversas esferas. “O APL se envolve diretamente para articular recursos públicos para os municípios da região e também da agricultura familiar”, citou. O gestor ainda falou sobre o acesso a recursos via projetos e na importância da articulação para conseguir mobilizar a região.

Jacson Miguel Stülp – MTb /DRT-RS 9692

Direção de Conteúdo

Jornalista / Assessoria de Imprensa/ assessoria@casemkt.com

(51) 3056.2840 / 9999.46313

FB: CaseMarketing / Skype: Jacson.miguel.stulp

CASE MARKETING

Rua 28 de setembro, 624 / sala 624 Centro – 96810 174 – Santa Cruz do Sul/RS

www.casemkt.com

Festa da Colônia de Candelária atinge os objetivos

316472_715542_candelaria_feira1

Festa da Colônia reuniu agricultores familiares em Candelária (Divulgação)

Santa Cruz do Sul – O APL Vale do Rio Pardo – Agroindústria e Produção de Alimentos marcou presença na festa da Colônia, realizada no último final de semana, em Candelária. O arranjo fez a divulgação da plataforma de comercialização, sistema que está em vias de finalização.

A Festa da Colônia teve a abertura na última sexta-feira, dia 7 na rua Coberta, e seguiu no sábado e no domingo. Durante o evento foram evidenciadas as potencialidades do município, com presença de agroindústrias da agricultura familiar de Candelária.

Aproximadamente três mil pessoas participaram do evento, e puderam acompanhar os shows, visitar os 24 estandes da agricultura familiar, e adquirir os produtos coloniais, bem como visitar os estandes do artesanato.

Jacson Miguel Stülp – MTb /DRT-RS 9692

Direção de Conteúdo

Jornalista / Assessoria de Imprensa/ assessoria@casemkt.com

(51) 3056.2840 / 9999.46313

FB: CaseMarketing / Skype: Jacson.miguel.stulp

CASE MARKETING

Rua 28 de setembro, 624 / sala 624 Centro – 96810 174 – Santa Cruz do Sul/RS

www.casemkt.com

APL VRP apresenta aplicativo durante o 1° Seminário Regional de Bovinocultura de Leite

Evento em Vale do Sol reuniu em torno de 300 produtores de leita do Vale do Rio Pardo e Centro Serra nesta quarta-feira

Jesus Edemir Rodrigues apresentou plataforma de comercialização do APL (Jacson Miguel Stülp/CaseMKT)

Jesus Edemir Rodrigues apresentou plataforma de comercialização do APL (Jacson Miguel Stülp/CaseMKT)

Santa Cruz do Sul – O município de Vale do Sol foi anfitrião do 1° Seminário Regional de Bovinocultura de Leite, nesta quarta-feira, dia 5. O evento, promovido pela Emater-RS/Ascar, contou com o apoio do Arranjo Produtivo Local (APL VRP) – Agroindústrias e Produção de Alimentos, e foi realizado no Pavilhão da Comunidade Católica de Vale do Sol, onde reuniram-se em torno de 300 produtores.

O gerente regional adjunto da Emater-RS/Ascar, Carlos Corrêa da Rosa, observa que o objetivo do Seminário foi apresentar aos agricultores a cadeia da bovinocultura leiteira como uma alternativa. “Conseguimos reunir um grande público regional e conseguimos atingir os objetivos, pois os painéis retrataram diferentes assuntos e realidades”, observou.

Pela manhã foi realizada a palestra ministrada pelo engenheiro florestal, Juarez Pedroso, da Afubra, que falou sobre o sistema silvipastoril e ainda outra, com o médico veterinário da Emater-RS/Ascar, Ricardo Machado, sobre as “Bases para Produção Sustentável de Leite. Já o médico veterinário, Mario Álvarez, do Uruguai abordou o tema “Genética adaptada à produção de leite a pasto”.

Jesus Edemir Rodrigues apresentou plataforma de comercialização do APL (Divulgação)

Jesus Edemir Rodrigues apresentou plataforma de comercialização do APL (Divulgação)

À tarde, o produtor de leite de Mato Grosso, Nivaldo Michetti, falou sobre a temática “Mudando de vida produzindo leite”. Michetti, que atua na área há 27 anos, demonstrou a sua caminhada, retratando a adaptação que teve que fazer para aumentar a sua produtividade. “Produzir leite traz qualidade de vida. Não conheço outra atividade rural que tenha entrada de dinheiro todo mês em nossa propriedade, como a cadeia leiteira”, observa. Ele garante que permite ao produtor ter uma previsão de crescimento, podendo fazer um planejamento com segurança e liquidez.

Durante o Seminário, o gestor do APL VRP, Jesus Edemir Rodrigues fez a divulgação da Plataforma de Comercialização do APL – Agroindústria e Produção de Alimentos do VRP. A plataforma será uma ferramenta de comercialização e gerenciamento da sua propriedade, podendo fazer a venda de produtos, aquisição de insumos e apresentar a sua propriedade ao mercado.

315943_714182_f7659f57_1380_4cdb_9440_621ed6eac4e1

Em torno de 300 produtores participaram do Seminário em Vale do Sol (Jacson Miguel Stülp/CaseMKT)

 

315943_714181_d0ce108f_683e_4ba1_bca4_38300b03ab2f

Nivaldo Michetti, do Mato Grosso falou como mudou sua vida produzindo leite (Jacson Miguel Stülp/CaseMKT)

Jacson Miguel Stülp – MTb /DRT-RS 9692

Direção de Conteúdo

Jornalista / Assessoria de Imprensa/ assessoria@casemkt.com

(51) 3056.2840 / 9999.46313

FB: CaseMarketing / Skype: Jacson.miguel.stulp

CASE MARKETING

Rua 28 de setembro, 624 / sala 624 Centro – 96810 174 – Santa Cruz do Sul/RS

www.casemkt.com

APL VRP apresenta sua atuação aos alunos da UFRGS no Litoral Norte

Atividade contou com participação de alunos, que conheceram a realidade de empreendimentos e de incubadora

315798_713856_img_6935

APL VRP, outros empreendimentos e encubadora foram apresentados aos alunos (Jacson Miguel Stülp/CaseMKT)

Santa Cruz do Sul – O Arranjo Produtivo Local (APL) do Vale do Rio Pardo – Agroindústrias e Produção de Alimentos participou nesta segunda-feira, dia 3, de uma aula no Campus Litoral Norte da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), em Tramandaí. O gestor do APL, Jesus Edemir Rodrigues, fez a explanação do case do arranjo, especialmente no quesito articulação de entidades, captação de recursos e aplicação dos projetos.

A atividade foi realizada aos alunos do curso de Ciência e Tecnologia, num convite do professor Alex Mengel, sendo que ainda houve a explanação de outras experiências de empreendimentos em inovação, além de empresas da incubadora da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Segundo o professor Alex, o momento foi muito importante para os alunos, muitos deles já empreendedores, que buscam ver como é a articulação das entre os setores público e privado, além de diferentes entidades.

 

315798_713855_img_6927

Alunos do campus do Litoral Norte da UFSM conheceram atuação do APL (Jacson Miguel Stülp/CaseMKT)

Jesus detalhou as ações de articulação do APL e da gestão através da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), em especial, o seu envolvimento junto aos agricultores familiares e também às entidades que compõem o arranjo. “O APL se envole diretamente para articular recursos públicos para os municípios da região e também da agricultura familiar”, citou. O gestor ainda falou sobre o acesso a recursos via projetos e na importância da articulação para conseguir mobilizar a região.

 

 

Jacson Miguel Stülp – MTb /DRT-RS 9692

Direção de Conteúdo

Jornalista / Assessoria de Imprensa/ assessoria@casemkt.com

(51) 3056.2840 / 9999.46313

FB: CaseMarketing / Skype: Jacson.miguel.stulp

CASE MARKETING

Rua 28 de setembro, 624 / sala 624 Centro – 96810 174 – Santa Cruz do Sul/RS

www.casemkt.com