APL VRP: Região prioriza projetos para instalação de pontos de comercialização

Proposta foi debatida em reunião de Governança na Unisc. Serão duas propostas nas faixas de R$ 400 a 600 mil e outra de até R$ 1,8 milhão

303001_672157_dscn2156Santa Cruz do Sul – A governança do Arranjo Produtivo Local (APL VRP) – Agroindústria e Produção de Alimentos fechou nesta quinta-feira a proposta a concorrer no edital do Governo do Estado, lançado em dezembro pela Agência Gaúcha de Desenvolvimento e Inovação (AGDI). Os dois projetos a serem encaminhados para a concorrência irão contemplar estruturas para a instalação de dois pontos de comercialização de produtos da agricultura familiar para o cliente final. Um será localizado em Santa Cruz do Sul e outro no Centro-Serra.
As faixas de recursos na qual as propostas serão apresentadas são as de R$ 400 a 600 mil e outra de até R$ 1,8 milhão. Em ambos previstos ainda investimentos para a gestão da governança, o desenvolvimento de um plano de marketing. A única diferença em relação ao projeto que concorre ao maior número de recursos é que 13 municípios das regiões do Vale do Rio Pardo e Centro-Serra receberão recursos para o incremento da estrutura.
O coordenador do APL VRP, Sérgio Luis Reis, avalia a proposta como positiva, pois contempla um gargalo que existe atualmente. “A construção de pontos de comercialização de produtos para o consumidor final é muito importante, pois vai proporcionar o contato dos agricultores diretamente aos clientes”, destacou.
A meta do APL VRP, segundo o gestor Jesus Edemir Rodrigues, é a de fechar as propostas com os orçamentos até o final da próxima semana. “Temos um limitador, pois a Unisc vai entrar em recesso a partir do dia 23, e precisamos deixar tudo pronto para protocolar os projetos a tempo”, observa Rodrigues.
O pró-reitor de Extensão e Relações Comunitárias da Unisc, Angelo Hoff, cita que as propostas são importantes para o desenvolvimento da região. “Estamos contemplando a abertura de canais de comercialização, o que é essencial para que os agricultores possam colocar seus produtos no mercado, dando plenas condições para que isso aconteça.”

Edital
O edital de seleção de projetos prioritários de Arranjos Produtivos Locais (APLs) foi lançado no dia 15 de dezembro pela AGDI. A chamada – que concederá apoio a até 16 projetos, no valor total de R$ 7,6 milhões – fica aberta até 31 de janeiro de 2017.
Podem participar arranjos já enquadrados ou reconhecidos pelo Projeto de Fortalecimento dos APLs. Cada um pode apresentar até duas propostas, indicando qual delas é a mais importante, mas apenas uma será contemplada. Serão selecionados seis projetos de até R$ 200 mil, seis entre R$ 200 mil e R$ 400 mil, dois entre R$ 400 mil e R$ 600 mil, um entre R$ 600 mil e R$ 1 milhão e um entre R$ 1 milhão e R$ 1,8 milhão. A contrapartida a ser aportada pelo arranjo é econômica deve ser de pelo menos 20% do valor total do projeto.

Jacson Miguel Stülp – MTb /DRT-RS 9692
Direção de Conteúdo
Jornalista / Assessoria de Imprensa/
assessoria@casemkt.com
(51) 3056.2840 / 9912.49020 / 8164.0023
FB: CaseMarketing / Skype: Jacson.miguel.stulp

CASE MARKETING
Rua 28 de setembro, 624 / sala 624
Centro – 96810 174 – Santa Cruz do Sul/RS
www.casemkt.com

Cooperativas: Região pode realizar parceria com Unicentral

Reunião discutiu aproximação com a região de Santa Maria

303002_672151_dscn2058Santa Cruz do Sul – A unidade de cooperativismo da Emater-Ascar/RS de Santa Cruz do Sul, em parceria com o APL VRP – Agroindústria e Produção de Alimentos promoveu uma reunião entre as cooperativas do vale do Rio Pardo para o debate das formas de organização e intercooperação das organizações. O encontro ocorreu na Universidade de Santa cruz do Sul, nesta quinta-feira, dia 5.
O encontro contou com a participação de integrantes da Coopercedro e Central de Cooperativas da Agricultura Familiar – Unicentral, o regional da Emater-Ascar/RS, de Santa Maria, que apresentaram a realidade local, em especial o mercado institucional, como os quartéis e ainda o restaurante universitário.
O objetivo foi aproximar as cooperativas do Vale do Rio Pardo à Unicentral e surgiu a possibilidade de uma intercooperação entre as duas regiões, em relação ao abastecimento dos respectivos mercados. O encontro contou ainda com a presença do coordenador da coordenador estadual das unidades de cooperativismo da Emater-Ascar/RS, Francisco Manteze.
O técnico da unidade de cooperativismo da Emater-Ascar/RS de Santa Cruz do Sul, Edson Paulo Mohr, avalia que a possibilidade é vista como muito positiva. “Avançamos na aproximação das cooperativas das duas regiões. Precisamos agora definir os próximos passos a fim de que esta intercooperação seja uma realidade”, citou.
O gestor do APL, Jesus Edemir Rodrigues, destaca que as cooperativas terão um papel importante dentro da proposta de abrir pontos de comercialização. “O modelo de negócio a ser desenvolvido nos pontos de comercialização deverá ser o de cooperativas. Assim, precisamos fortalecer esta relação entre elas e também com outras regiões”, observa.

Jacson Miguel Stülp – MTb /DRT-RS 9692
Direção de Conteúdo
Jornalista / Assessoria de Imprensa/
assessoria@casemkt.com
(51) 3056.2840 / 9912.49020 / 8164.0023
FB: CaseMarketing / Skype: Jacson.miguel.stulp

CASE MARKETING
Rua 28 de setembro, 624 / sala 624
Centro – 96810 174 – Santa Cruz do Sul/RS
www.casemkt.com

Reunião de Governança apresenta propostas para concorrer a recursos do edital

Encontro ocorre nesta quinta-feira às 14h, na Unisc. Pela manhã, às 9h, também na Unisc, cooperativas se reúnem para debater organização

Santa Cruz do Sul – O Arranjo Produtivo Local (APL) Agroindústria e Produção de Alimentos do Vale do Rio Pardo realiza reunião de Governança, nesta quinta-feira, dia 5, a partir das 14h, na sala 108 da Universidade de Santa Cruz do Sul. Na pauta está a apresentação das propostas para que a região concorra a recursos do edital lançado em dezembro pela Agência Gaúcha de Desenvolvimento e Inovação (AGDI).
A ideia é conceber um projeto para incrementar as estruturas locais e a comercialização para o consumidor final. Esta proposta já foi aprovada em reunião de Governança realizada em dezembro, mas segundo o gestor do APL, Jesus Edemir Rodrigues, esta será detalhada nesta reunião da Governança. “Precisamos da chancela para fecharmos a proposta e encaminhar o projeto dentro do padrão exigido pelo edital”, destaca. O objetivo será buscar um montante entre R$ 200 mil a R$ 1,8 milhão em recursos do Governo do Estado, no edital aberto pela Agência Gaúcha de Desenvolvimento e Inovação (AGDI).
Haverá busca de recursos para o incremento da estrutura em diversos municípios. Além disso, vai ser contemplada no projeto a abertura de um ponto de comercialização de produtos das agroindústrias, cooperativas e da agricultura familiar para o cliente final na região.

Edital
O edital de seleção de projetos prioritários de Arranjos Produtivos Locais (APLs) foi lançado  no dia 15 de dezembro pela AGDI. A chamada – que concederá apoio a até 16 projetos, no valor total de R$ 7,6 milhões – fica aberta até 31 de janeiro de 2017.
Podem participar arranjos já enquadrados ou reconhecidos pelo Projeto de Fortalecimento dos APLs. Cada um pode apresentar até duas propostas, indicando qual delas é a mais importante, mas apenas uma será contemplada. Serão selecionados seis projetos de até R$ 200 mil, seis entre R$ 200 mil e R$ 400 mil, dois entre R$ 400 mil e R$ 600 mil, um entre R$ 600 mil e R$ 1 milhão e um entre R$ 1 milhão e R$ 1,8 milhão. A contrapartida a ser aportada pelo arranjo é econômica deve ser de pelo menos 20% do valor total do projeto.

Cooperativas
Também na quinta-feira, dia 5, às 9h, o APL promove reunião do grupo das Cooperativas na sala 108 Bloco 1 da Unisc. O objetivo é prosseguir no debate a respeito da possível forma de organização das cooperativas da região, pensando em atingir os diversos mercados regionais que se apresentam. Também definir as cooperativas e grupos formais de agricultores que tenham interesse e produtos disponíveis para operar no mercado regional.

Jacson Miguel Stülp – MTb /DRT-RS 9692
Direção de Conteúdo
Jornalista / Assessoria de Imprensa/
assessoria@casemkt.com
(51) 3056.2840 / 9912.49020 / 8164.0023
FB: CaseMarketing / Skype: Jacson.miguel.stulp

CASE MARKETING
Rua 28 de setembro, 624 / sala 624
Centro – 96810 174 – Santa Cruz do Sul/RS
www.casemkt.com