APL VRP organiza 5º Encontro de APLs de Alimentos e Agroindústrias Familiares

Dia 25 de março, durante a Expoagro Afubra 2015 em Rio Pardo/RS, realizou-se o 5º Encontro Estadual de APLs de Alimentos e Agroindústrias Familiares, contando com a presença de todos os APLs do estado que trabalham com agroindústrias e produção de alimentos da agricultura familiar, dentre os quais podemos citar o APL de Agroindústrias e Alimentos da Agricultura Familiar do Vale do Rio Pardo, anfitrião a quem coube organizar o espaço e recepcionar os convidados; APL de Alimentos da Região Sul; APL Agroindústria Familiar do Médio Alto Uruguai; APL Agroindústrias Familiares Celeiro; APL Agroindústria Familiar das Missões e APL Agroindústrias Familiares do Vale do Taquari.
O evento, cujo tema foi definido no encontro anterior que ocorrera em São Miguel das Missões, tinha por objetivo mostrar ao Governo do Estado os trabalhos e resultados alcançados pelos APLs de Alimentos e Agroindústrias após seu reconhecimento e enquadramento dentro do Programa de APLs mantido pela AGDI (Agência Gaúcha de Desenvolvimento e Promoção do Investimento) – órgão responsável pela administração do programa e dos convênios, ouvindo do Governo suas intenções quanto à possibilidade de manutenção do programa, bem como seus projetos e programas voltados à produção de alimentos pela agricultura familiar.
Após as saudações iniciais, o evento teve início com a exposição dos APLs que apresentaram dados que justificam a manutenção do Programa de APLs, reforçando os inúmeros resultados já alcançados através do cumprimento das atividades previstas nos Planos de Trabalho dos convênios celebrados. Destacam-se como principais resultados a mobilização das diversas entidades, órgãos e instituições que trabalham com a agricultura familiar em governanças participativas que passaram a se reunir regularmente e decidir em conjunto os rumos a serem seguidos mediante a complementaridade das atividades, evitando concorrências de ações; realização de visitas a produtores com recebimento e encaminhamento de suas demandas; busca pela legalização e formalização dos empreendimentos rurais; realização de seminários técnicos; incentivo à participação em feiras; articulação e mobilização para participação nas compras institucionais.
Através das apresentações constatou-se que ainda existem diversos gargalos a serem solucionados, mas que já estão em andamento, cujo encerramento do programa poderia prejudicar como a legalização das agroindústrias que precisam de apoio e incentivo para buscarem a formalização dos empreendimentos.
Outra constatação foi de que existe uma grande deficiência na produção de alimentos nas regiões, onde a maior parte dos alimentos consumidos diariamente pela população vem de outras regiões e estados e dos grandes centros de distribuição, encarecendo o valor final. Neste sentido, buscando diminuir custos e favorecer o contato direto dos produtores com os consumidores, os APLs sugerem por parte dos governos um maior incentivo à produção local através da criação de políticas específicas, levando em conta as necessidades de consumo de cada região.

5º Enc APLs Expoagro (6)

Mesa de autoridades – 5º Encontro de APLs

Após as apresentações dos APLs, as autoridades presentes se pronunciaram, garantindo a continuidade do Programa de APLs por não se constituir mais num programa de governo mas de estado. Também prometeram viabilizar o repasse de todos os recursos passivos assumidos pelo Governo anterior; continuar as parcerias da SDR (Secretaria de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo) com os APLs de agroindústrias familiares e alimentos, dentro do Programa Estadual de Agroindústria Familiar; garantir a transversalidade das políticas públicas e programas da SDR com jovens e mulheres de todos os APLs, buscando sua autonomia; promover o diálogo da SDR com os APLs para fortalecer as políticas públicas de incentivo à produção de alimentos.
O Governo Federal, mediante a participação do Sr. Marcos Regelin (delegado federal do Ministério de Desenvolvimento Agrário no RS), também se fez presente ao evento, prometendo reforçar a parceria com os APLs e sua integração com a política dos Territórios Rurais de Cidadania, entendendo ser de suma importância este engajamento conjunto das entidades, instituições e órgãos em fóruns de discussão para apontar os gargalos e as dificuldades de cada região e indicar as melhores políticas a serem realizadas pelo Governo Federal.
Ao final do evento foi elaborada a “Carta do 5º Encontro de APLs de Alimentos e Agroindústrias Familiares” com todos os resultados do evento e as garantias por parte dos governos na manutenção, criação e desenvolvimento de políticas públicas que proporcionem renda, diversificação e sustentabilidade ao meio rural.

5º Enc APLs Expoagro (4)

Público presente no 5º Encontro de APLs

Clique aqui e veja a Carta do 5º Encontro de APLs de Alimentos, com os resultados do evento

 

Expoagro Afubra 2015 – Encontro debate perspectivas para agroindústrias

5º Encontro de Arranjos Produtivos Locais das Agroindústrias Familiares e Alimentos (crédito: Lula Helfer/Afubra)

Na tarde desta quarta-feira, 25, aconteceu no auditório da Expoagro Afubra 2015 o 5º Encontro de Arranjos Produtivos Locais das Agroindústrias Familiares e Alimentos. O objetivo era debater as perspectivas para o fortalecimento do setor. O debate reuniu representantes dos APLs da Região Sul, das Missões, Médio e Alto Uruguai, Vale do Rio Pardo e Celeiro.

Após a abertura do evento, os representantes dos APLs apresentaram a atuação, os resultados e as demandas de cada região. Entre as dificuldades apresentadas, estão a formalização, a necessidade de desenvolver as regiões de maneiras diferentes de acordo com suas características e políticas públicas que favoreçam a permanência do jovem no meio rural.

A representante da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Luana Collet, destacou que o objetivo do debate é pensar, justamente, no desenvolvimento das regiões. Falando em nome da secretaria, ela se comprometeu a dar continuidade ao programa dos Arranjos Produtivos Locais e fazer os repasses que ainda não foram feitos. “O programa de APLs é uma política pública de estado e vai continuar, assim como os pagamentos, que já estão sendo realizados e continuarão.”

Já o diretor do Departamento de Agricultura Familiar e representante da Secretaria de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR), Dionatan Tavares destacou a continuidade da parceria da SDR com os APLs e o cumprimento dos compromissos já assumidos pelo governo anterior. Outros pontos foram acordados, como incluir o artesanato no programa de agroindústrias; fortalecer a parceria com a Emater; e a transversalidade de políticas públicas voltadas aos jovens e mulheres rurais.

Também participando do encontro, o Delegado Federal do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), Marcos Regelim estabeleceu como metas o crédito para as agroindústrias através do Pronaf, aprimoramento das políticas públicas para o setor, além de qualificação técnica para os produtores, com ênfase na produção de alimentos.

Após o debate dos compromissos assumidos pelas diferentes esferas, o representante do APL de Agroindústria e Alimentos Vale do Rio Pardo, Jesus Eremir Rodrigues fez a leitura da carta com o resultado do encontro. O documento será enviado para os participantes e deverá nortear as ações, tanto dos Arranjos, quanto das entidades presentes no encontro.

A Expoagro Afubra segue nesta quinta-feira, 25, no parque localizado em Rincão Del Rey, em Rio Pardo. A feira abre às 8 horas e se encerra às 18 horas. Na programação do último dia do evento estão previstas palestras e reuniões, além das atrações diárias como as lavouras demonstrativas, o setor dos animais, a dinâmica de máquinas e o Espaço Cultural.

Coordenadoria de Imprensa – Expoagro Afubra 2015
Jornalista Emanuele Mantovani
Reg. MTb. 12. 704

Esta entrada foi publicada em Expoagro e marcada com a tag , , , , , , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.